Ginecomastia Cirurgia Plástica Dr. José Carvalho

Ginecomastia

O termo ginecomastia, significa o aumento da região mamária dos homens. Esse aumento ocorre devido ao acúmulo de gordura na região. Mais comum em adolescentes, mas com o passar do tempo o acúmulo de gordura pode ocorrer também em pacientes adultos e idosos.

Indicação

  • Pode-se optar pela cirurgia de ginecomastia para redução do tamanho da região mamária masculina.

Tipo de anestesia

  • Existe 1 tipo que é indicada: local com sedação.

Tempo de internação

  • Normalmente até 12 horas.

Resultado

  • O resultado já é bastante visível após a cirurgia. Existem um inchaço e roxidão que vão reduzir drasticamente após 30 dias. O resultado definitivo pode ser visto após 6 meses, que é o tempo de amadurecimento da cicatriz.

Pós-operatório

  • Inchaço e roxidão são comuns e devem desaparecer após 2 semanas.
  • Recomenda-se que o paciente não faça esforços físicos por 3 semanas. Deve-se usar uma malha compressiva por aproximadamente 45 dias.

Dúvidas frequentes

Quais as causas de ginecomastia?

O aumento das mamas no homem pode ocorrer por diversas causas como: distúrbios hormonais, uso de drogas, medicamentos, uso de esteróides anabolizantes, excesso de peso ou obesidade, doenças sistêmicas (cirrose), tumores, idiopática, etc.

A idiopática (sem causa definida) é a mais comum delas.

Como é feito o diagnóstico de ginecomastia?

O diagnóstico é clínico, ou seja, é feito através da história médica e do exame do paciente. É fundamental que o cirurgião plástico faça uma avaliação completa do paciente afim de excluir causas patológicas do quadro. Algumas vezes, pode ser necessária avaliação adicional com um endocrinologista para afastar causar hormonais e metabólicas.

O ultrassom (ecografia das mamas) irá confirmar os achados do exame clínico, sendo apenas um método complementar para o diagnóstico.

A ginecomastia sai com o tempo?

Há regressão das mamas masculinas nos casos em que o aumento ocorre na puberdade (geralmente após dois anos) e em alguns casos provocados por medicamentos ou doenças passíveis de tratamento.Quando a ginecomastia é antiga dificilmente irá regredir sozinha.

A ginecomastia tem tratamento?

Existem bons tratamentos cirúrgicos. Como a evolução da lipoaspiração as cicatrizes são cada vez menores e os resultados esteticamente mais agradáveis e naturais.  O fundamental é a buscar um cirurgião plástico especialista que possa indicar o melhor tratamento para cada caso.

A ginecomastia pode voltar depois da cirurgia?

Após a operação de ginecomastia é muito incomum haver recorrência. As mamas podem aumentar em pacientes que ganham muito peso após a cirurgia ou venham apresentar algum distúrbio hormonal ou metabólico não tratado.