Ritidoplastia Rejuvenescimento Facial Cirurgia Plástica Dr. José Carvalho

Lifting Facial (face/papada/pescoço/lip)

Com o passar do tempo, a pele perde a sua elasticidade e rigidez, e consequentemente causa um excesso de pele no rosto. A gravidade puxa esse excesso de pele para baixo aumentando a visibilidade das marcas entre o nariz e a boca.

Além disso, a movimentação da musculatura do rosto, com o passar do tempo, acarreta a formação de rugas em outras partes do rosto, como testa e ao redor dos olhos.

O lifting facial atua sobre os músculos e excesso de pele, mantendo os traços e expressões da face. Com isso, o rosto aparenta ter menos idade e uma aparência natural.

Indicação

  • Pode-se optar pela cirurgia de lifting facial para diminuir a flacidez, excesso de pele e rugas do rosto.
  • Pode ser feita no rosto, papada, pescoço e lábios (lips).

Tipo de anestesia

  • Existem 2 tipos: local com sedação ou geral.

Tempo de internação

  • Pode variar entre 12 e 24 horas.

Resultado

  • Deve-se esperar aproximadamente 6 meses para que a cicatriz amadureça.

Pós-operatório

  • Três dias após a cirurgia, retira-se o dreno a os curativos. Inchaço e roxidão vão regredir com o passar das próximas 3 semanas. A sensibilidade da área diminui um pouco somente durante um certo período de tempo.
  • É importante que o rosto não seja exposto ao sol durante 1 mês. Recomenda-se o uso de protetor solar durante os próximos 6 meses.

Dúvidas frequentes

Como ficarão as cicatrizes? Desaparecerão?

A cirurgia plástica visa melhorar o aspecto da flacidez, rugas, sulcos, etc., dando assim um aspecto de jovialidade à face. As cicatrizes, entretanto, serão permanentes, apesar de irem se tornando cada vez menos visíveis com o decorrer do tempo. Enquanto isto não ocorre, recursos cosméticos como a maquiagem e penteados adequados disfarçam perfeitamente o inconveniente criado pelas cicatrizes recentes. Além disso, cada paciente comporta-se diferentemente de outro em relação à evolução das cicatrizes, podendo em certos casos, tornarem-se seus sinais praticamente invisíveis. Apesar desta advertência prévia, muitos pacientes costumam esquecer dos detalhes que são transmitidos durante a consulta inicial e passam a preocupar-se especificamente com a presença das cicatrizes, no período pós-operatório imediato e mediato. Pruridos (coceiras), ardor ou insensibilidade poderão ocorrer eventualmente sobre as cicatrizes. Isto será temporário e tenderá a desaparecer.

Por quanto tempo persiste o resultado?

A cirurgia da face, pescoço e pálpebras retarda visualmente o processo de envelhecimento desses territórios. Retarda mas não interrompe o processo evolutivo do organismo. Em alguns casos, após certo tempo, há necessidade de um retoque da pele (que se encontra frouxa) da pálpebra inferior. Certos casos de rugas muito acentuadas na face, pescoço e mento, necessitam ser reoperados após um ou mais anos, visando complementar o resultado obtido na primeira operação.

Quando são retirados os pontos?

A maioria dos pontos das pálpebras são removidos após 5 a 7 dias. Os demais (face, pescoço, couro cabeludo) entre 7 e 14 dias.

As fotografias pré e pós-operatórlas são importantes?

Evidentemente, a única maneira de se avaliar o resultado obtido pelo lifting da face é a comparação entre as fotografias pré e pós-operatórias, realizadas sob condições fotográficas idênticas nesses 2 períodos. Elas valem como documento.

Há dor, no pós-operatório?

Muito raramente. A evolução das cirurgias estéticas é geralmente indolor. Ocasionalmente um ou outro caso poderão apresentar discreta dor, que poderá ser perfeitamente sedada com analgésicos comum. Como no lifting facial há descolamento da pele, é comum uma insensibilidade transitória devido à lesão de nervos cutâneos. A sensibilidade costuma retornar gradativamente.