Pós Bariátrica Cirurgia Plástica Cirurgia Plástica Dr. José Carvalho

Pós Bariátrica (contorno corporal / lifting corporal)

A cirurgia pós bariátrica tem o objetivo de melhorar a aparência após grande perda de peso. Essa cirurgia também é conhecida como cirurgia do contorno corporal ou lifting corporal é altamente indicada para casos de obesidade mórbida.

A pele fica sem sustentação após dieta ou cirurgia de redução de peso por ter sido muito estendida, algumas consequências após a cirurgia de redução de peso são a flacidez nas coxas, virilhas, nádegas e nos braços, ou mamas achatadas e os mamilos apontados para baixo.

Indicação

  • Estar com o peso estabilizado, sem estar mais em processo de emagrecimento, pois a flacidez pode reaparecer.
  • Não apresentar tendência para voltar a engordar, pois a pele pode ser esticada novamente e haver mais flacidez e estrias.
  • Ter empenho e desejo em manter uma vida saudável, com prática de atividades físicas e alimentação equilibrada.

Tipo de anestesia

  • Anestesia geral ou local, o que varia de acordo com o tipo de procedimento e se há outras técnicas associadas, como a lipoaspiração.

Tempo de internação

  • O tempo de internação é de cerca de 1 dia, com necessidade de repouso em casa por um período de 15 dias até 1 mês.

Resultado

  • O resultado da pós bariátrica já é bastante visível após a cirurgia. Existem um inchaço e roxidão que vão reduzir drasticamente após 30 dias. O resultado definitivo pode ser visto após 6 meses, que é o tempo de amadurecimento da cicatriz.

Pós-operatório

  • Utilizar medicamentos analgésicos para dor, prescritos pelo médico.
  • Evitar carregar peso.
  • Voltar às consultas de retorno agendadas pelo cirurgião para reavaliação, geralmente após 7 a 10 dias.

Dúvidas frequentes

Qual é a principal orientação para quem deseja se submeter a uma cirurgia pós bariátrica após grande perda de peso?

A primeira coisa que o paciente submetido a cirurgia pós-bariátrica precisa fazer é procurar a equipe que fez sua gastroplastia para certificar-se que encontra-se apto a realizar a cirurgia plástica e se está liberado para o procedimento proposto.

Após quanto tempo um paciente bariátrico pode passar por esta cirurgia plástica?

Para submeter-se a cirurgia plástica o paciente pós-bariátrico deve estar com o peso estável por, pelo menos, 3 a 6 meses. A estabilização do peso acontece normalmente, por volta de 12 a 18 meses após a cirurgia. Alguns pacientes podem estabilizar o peso antes deste tempo, mas não é comum.

Após emagrecer muito as pessoas desejam ter um corpo delineado e proporcional. Como elas devem lidar com as expectativas para evitar frustrações com o resultado?

O paciente pós-bariátrico apresenta diversas alterações em seu corpo devido a um emagrecimento rápido causado por uma cirurgia agressiva (gastroplastia). Há uma perda de proteínas importantes para a elasticidade da pele, uma grande frouxidão dos tecidos e uma grande flacidez de pele. Desta maneira, os pacientes devem ter em mente que jamais terão um corpo com qualidade de cobertura cutânea como antes. Temos a possibilidade de alcançar bons resultados quanto à forma, mas as custas de vários procedimentos e algumas cicatrizes que podem ser extensas. Algumas vezes os procedimentos perdem a qualidade num período de tempo curto devido a má qualidade da pele e será necessária alguma complementação cirúrgica para melhorar o resultado. Os pacientes devem saber que deverão passar por várias etapas cirúrgicas para se conseguir um resultado próximo ao satisfatório. Deve lembrar que nem sempre a cicatriz resultante fica melhor que o aspecto inicial. Caso o paciente entenda estas limitações, a chance de frustração com o resultado é menor.

Esta cirurgia plástica pós-bariátrica é um procedimento específico ou a combinação de outros, como bodylifting?

A reconstrução do corpo do paciente pós-bariátrico compreende vários procedimentos. Os mais realizados são a abdominoplastia e a mamoplastia, seja feminina ou masculina. Outros procedimentos realizados são a coxoplastia, braquioplastia, ritidoplastia (cirurgia de rugas da face) e a dorsoplastia. Estes procedimentos podem ser realizados em etapa única ou em várias etapas. É comum a associação entre algumas cirurgias como: mama com abdome, abdome com dorso e mama com braços. Estas associações só vão poder acontecer se o paciente apresentar condições clínicas para tal e o cirurgião plástico estiver habituado com estas cirurgias.

Além de manter hábitos saudáveis, como o paciente pode manter os resultados desta cirurgia plástica?

Uma boa alimentação balanceada com ingestão de proteínas. Estes pacientes podem ter dificuldade para ingerir alimentos ricos em proteína. Evitar o “efeito sanfona”. Uso de cremes e hidratantes. Exercícios físicos regulares.